O que são drogas?

Drogas são substâncias químicas que produzem alterações dos sentidos. "Droga", no seu sentido original, é um termo que abrange uma grande quantidade de substâncias, que pode ir desde o carvão à aspirina. Contudo, há um uso corrente mais restritivo do termo, remetendo a qualquer produto alucinógenico que leve à dependência química e, por extensão, a qualquer substância ou produto tóxico (tal como o fumo, álcool, etc.) de uso excessivo, sendo um sinónimo assim para entorpecentes.

O que são Drogas Estimulantes?

Estimulantes - produzem aumento da actividade pulmonar, diminuem a fadiga, aumentam a percepção ficando os demais sentidos activados. Exemplos: cocaína, ecstasy, crack, anfetaminas, etc.

O que são drogas depressivas?

As drogas depressivas, têm como objectivo principal, retardar o funcionamento do organismo, tornando todas as funções metabólicas mais lentas. No conjunto das drogas depressoras, as mais conhecidas são o álcool, os soníferos, a heroína, a morfina, a cola de sapateiro, os remédios ansiolíticos e antidepressivos (barbitúricos) e seus derivados.

O que são drogas alucinogéneas?

As drogas alucinógenas são substâncias naturais ou sintéticas capazes de actuar sobre o sistema nervoso de uma forma ainda não muito bem conhecida. A classificação mais consensualmente aceita para tal classe de substâncias psicoactivas foi proposta por Jean Delay que as classifica como Dislépticas (modificadoras) em oposição aos compostos moleculares ou moléculas cujo efeito pode ser considerado como Lépticos (estimulantes) e Analépticos (depressores). A utilização destas drogas com fins recreativos oferecem sérios riscos. Distorcem os sentidos e confundem o cérebro e afetam a concentração, os pensamentos e a comunicação. As drogas sintécticas, a exemplo do LSD e ecstasy com um grau de pureza maior podem causar a confusão da noção de tempo e de espaço e causarpsicoses. Observe-se porém que nem todas as drogas que causam alucinações são consideradas alucinógeneas.

domingo, 29 de maio de 2011

Lady Gaga fala no consumo de drogas na adolescência

"A cantora mais falada do momento veio reconhecer que tomava drogas quando era adolescente e que as deixou por respeito aos seus pais.

Atualmente, alegra-se da pessoa que se tornou, depois de deixar o passado das drogas, mas, na altura só que "queria ser selvagem e rebelde", afirma Lady Gaga. Segundo a revista Showbiz Spy, a cantora estava desesperada por agir contra os seus pais. "Eu era uma rapariga de classe média que queria aproveitar e descobrir todas as facetas da vida. Foi o meu pai que me fez reconsiderar", mencionou a intérprete de Bad Romance. "[Durante a adolescência,] o meu pai pensou que eu me tinha arruinado. Falou comigo e disse que se não deixasse as drogas, perderia tudo. Eu queria mostrar aos meus pais que era rebelde, mas o facto do meu pai me ter alertado fez-me tomar consciência dos meus erros porque ele é a pessoa que mais respeito no mundo. E como não queria perder o respeito dele, deixei as drogas", confirmou à revista.

Lady Gaga tornou-se um dos ícones da música pop mundial e os seus pais estão muito orgulhosos da pessoa na qual ela se transformou, o que demonstra uma mentalidade bastante aberta, tendo em conta os seus gostos excêntricos.

Stefani Joanne Angelina Germanotta, de seu nome completo, revela ainda: "é tão importante reconhecer os teus erros como que te reconheçam pelas tuas vitórias". A única razão que a leva a não gostar de falar sobre as drogas na sua adolescência é a de não querer que ninguém siga os seus passos quando era jovem."

Retirado de Caras
http://aeiou.caras.pt/lady-gaga-fala-no-consumo-de-drogas-na-adolescencia=f31463

1 comentário:

Miguel Monteiro disse...

Olá o meu nome é miguel e sou toxicodependente em tratamento vi o vosso blogue e deixo aqui o meu testemunho visitem o meu pode ser que ajude alguem